JORNALISMO EM DESTAQUE

485º Aniversário da Cidade de Angra do Heroísmo

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Da poetisa-escritora Bernardete Cavalcanti - DE REPENTE : A LUA!


DE REPENTE : A LUA!
Até me espantei quando ela surgiu!
Anoitecera...........
Uma densa nuvem se formou.
Escurecera..........
e, de repente, ela apareceu:
linda, radiosa e toda nua,
em sua plenitude de lua!
Brilhou lá no céu, ainda pálido.
Vestiu a mata de prata
e, aqui na praia, espalhou - se pelo mar
em um lindo reflexo de luz.
Foi como se eu recebesse um beijo cálido
e, de alguma forma, senti - me grata
por poder vivenciar - te mais uma vez!
Tenho saudades de ver - te assim,
pois sempre soube o quanto ela me seduz.
Na minha fantasia, talvez;
eu me espelhe sempre nela,
ao sentir meu corpo banhado,
pelos raios de amor e de marfim!
Meu sonho de amor é acalentado,
de forma pura e tão singela
que por um longo tempo perdurou....
A mágoa de meu peito sumiu!
Restou o meu desejo de em ti me aconchegar
para, eternamente, sentir - me tua
e nunca mais pensar em te olvidar!

                                                                                                  
Carlos Alberto Alves

Sobre o autor

Carlos Alberto Alves - Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Colabora semanalmente no programa Rádio Face, da Rádio Ratel, dos Açores. Leia Mais sobre o autor...

Sem comentários:

Enviar um comentário